• (41) 3501-4647 / 3501-3773
    contato@energiasmart.com.br

Novo modelo comercial para Itaipu

Em uma revisão do tratado C de Itaipu, o MME pode optar por uma alternativa mais de mercado para a comercialização de energia da hidrelétrica de 14 GW (7 GW do lado brasileiro). “É viável que outras distribuidoras tenham acesso, não só as do Sul, SE e CO. Ainda não há definição mas entendemos possível que a energia seja direcionada também para o ambiente livre, além de outras distribuidoras. Estamos bem engajados, 2023, em termos…

Relator do PLS 232 reduz prazo para fim de subsídios a fontes alternativas

A pedido dos ministérios da Economia e de Minas e Energia, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) decidiu antecipar de 18 para 12 meses a retirada dos descontos nas tarifas de uso dos sistemas de transmissão (TUST) e de distribuição (TUSD), concedidos às fontes alternativas de geração de energia elétrica. Eles serão substituídos pelo mecanismo de valorização dos benefícios ambientais de usinas eólicas, solar fotovoltaicos, pequenas centrais hidrelétricas e térmicas a biomassa, considerando os baixos níveis…

Abertura do ACL divide associações do setor

Como já era esperado, a ampliação das faixas de consumo para acesso gradual ao mercado livre até 2022 teve boa recepção entre os comercializadores de energia elétrica, a despeito de o segmento ser notoriamente defensor da opção imediata por um mercado completamente aberto. Investidores em pequenas centrais hidrelétricas consideram, no entanto, que outras mudanças devem acontecer no setor para que o calendário previsto inicialmente em 2018 e ampliado nesta segunda-feira (16) pela portaria 465/2019 possa…

Portaria do MME prossegue com redução de limites para o ACL

Consumidores com carga igual ou maior que 1,5 MW já poderão aderir ao ACL em janeiro de 2021. Aneel e CCE deverão fazer estudos sobre impacto da abertura para consumidores de carga menor que 500 kW. O Ministério de Minas e Energia publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira,16 de dezembro, a portaria 465/2019, que inclui prazos para novas faixas de consumidores na abertura do mercado livre. De acordo com a portaria, a partir de janeiro…