• (41) 3012-5900
    contato@energiasmart.com.br

MME espera aprovação do PL 414 antes do recesso

A expectativa do Ministério de Minas e Energia é que o Projeto de Lei 414 seja aprovado antes do recesso legislativo em julho. O PL foi para uma comissão especial na última semana. De acordo com a secretária-executiva do Ministério de Minas e Energia, Marisete Pereira, o diálogo com o Congresso Nacional tem sido permanente, em especial com o deputado Fernando Coelho Filho (União – PE), relator do projeto. O parlamentar tem transmitido confiança na…

Governo antecipa o fim da Bandeira Escassez Hídrica

O governo decidiu antecipar em 15 dias o fim da bandeira escassez hídrica, que deixará de existir no próximo dia 15 de abril. A decisão foi tomada pelo Comitê de Monitoramento e anunciada em nota pelo Ministério de Minas e Energia na noite desta quarta-feira, 6 de abril. A partir do próximo dia 16 será adotada a bandeira verde, que não tem custo extra para o consumidor, que já é adotada na tarifa social. O…

Baixo nível dos reservatórios leva comitê a manter acionamento de termelétricas na região Sul

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico decidiu nesta quarta-feira (9) manter a adoção de medidas adicionais na região Sul para preservar o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas. Desde o final de fevereiro, as medidas excepcionais — como o acionamento de usinas termelétricas, mais caras, e a importação de energia da Argentina e do Uruguai — estão suspensas nos outros subsistemas do país (Sudeste/Centro-Oeste, Norte e Nordeste) devido à melhora do nível dos reservatórios…

Conta de luz pode subir com briga entre governo e térmica da J&F

Distribuidoras de energia e grandes empresas estão se mobilizando para reunir milhões de reais e cumprir uma decisão judicial liminar de primeira instância que o governo não consegue reverter e pode pressionar ainda mais a conta de luz. O rateio milionário vai bancar um pagamento para a gaúcha Usina Termoelétrica Uruguaiana (UTE Uruguaiana), da Âmbar, empresa de energia do grupo J&F, o mesmo que é dono da companhia de carnes JBS. A CCEE (Câmara de…

Com hidrelétricas jogando água fora, Aneel pede ao ONS para reduzir geração de termelétricas

BRASÍLIA — A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pediu formalmente para o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduzir a geração de energia por termelétricas, mais cara, diante da constatação de que grandes hidrelétricas estão jogando água fora sem produzir energia. Responsáveis por 20% da capacidade de geração hidrelétrica no país, as usinas Belo Monte e Tucuruí, no Pará, e Sobradinho, na Bahia, literalmente jogam água fora por conta dos limites de escoamento de produção de…

Governo admite caducidade da MP 1055 e fim da Creg

Nota divulgada pelo Ministério de Minas e Energia após reunião da Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética nesta sexta-feira, 5 de novembro, mostra que o governo já conta com o fim da vigência da Medida Provisória 1.055/2021, que instituiu a Creg. A MP vai perder a validade no próximo domingo, 7 de novembro, e, com isso, a câmara encarregada da gestão da atual crise hídrica também deixa de existir. “Os temas então debatidos na Creg…

Governo prepara socorro de até R$ 15 bi para distribuidoras de energia. Consumidor pagará a conta a longo prazo

BRASÍLIA — O governo prepara um socorro de até R$ 15 bilhões para aliviar o caixa das distribuidoras de energia elétrica e evitar um “tarifaço” nas contas de luz em 2022 — ano de eleições presidenciais — causado pela alta dos combustíveis como o gás natural e o diesel. Embora a conta não chegue para o consumidor no próximo ano, o movimento articulado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) vai representar um aumento na fatura…

Distribuidoras e governo estudam como reduzir déficit da bandeira escassez hídrica

As distribuidoras e o governo estão debatendo como será a mitigação dos efeitos da crise hídrica sobre as finanças dessas empresas. Na última quarta-feira (13/10), a secretária-executiva do MME, Marisete Dadald Pereira, reconheceu que a arrecadação da Bandeira Escassez Hídrica não é suficiente para cobrir os custos com a compra da geração emergencial. Marisete descartou, por ora, elevação do valor da bandeira. Em setembro, o governo criou o novo patamar de cobrança, como uma das medidas de combate à crise…

Governo cria nova bandeira para escassez hídrica, que vale a partir de hoje. Entenda

BRASÍLIA — O governo anunciou que o maior patamar da bandeira tarifária será reajustado em 50% a partir desta quarta-feira. A taxa extra nas contas de luz subirá de R$ 9,49 para R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Esse será o valor de uma nova bandeira, batizada de Escassez Hídrica, mais alta que a vemelha e que vai valer até abril de 2022. O reajuste provocará aumento de 6,78% na tarifa média dos…

Bandeira vermelha da conta de luz terá alta de até 58%

BRASÍLIA — A bandeira tarifária, uma sobretaxa que é acionada nas contas de luz quando o custo da geração de energia aumenta, deve subir de R$ 9,49 para um valor entre R$ 14 e R$ 15 a partir de setembro. A decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) será informada no máximo até a próxima terça-feira. Será um aumento, portanto, entre 50% e 58%. O valor será cobrado da bandeira vermelha 2, o patamar…