• (41) 3012-5900
    contato@energiasmart.com.br

Líderes do setor de energia querem melhorar ganhos de sustentabilidade, diz KPMG

Uma pesquisa realizada pela consultoria KPMG apontou que 76% dos presidentes de companhias globais do setor de energia querem garantir ganhos em questões de sustentabilidade ambiental devido a pandemia. O levantamento também apontou que 48% dos executivos disseram que a Covid-19 evidenciou ainda mais a necessidade de se concentrar em práticas ambientais, sociais e de governança (da sigla em inglês ESG).

Segundo o sócio de energia e recursos naturais da KPMG no Brasil, Anderson Dutra, a crise sanitária e os eventos geopolíticos simultâneos que perturbaram a indústria do petróleo trouxeram lições importantes ao setor de energia.

“Se a indústria quiser sobreviver, deverá ser ágil e repensar todas as perspectivas de modelos operacionais para manter-se resiliente nessa nova realidade. Isso inclui a participação na transição energética, a atitude em relação às pessoas e aos talentos e a prontidão digital. As empresas que compreenderem isso farão mais do que sobreviver – elas irão prosperar”, diz.

Já com relação à adoção de tecnologias digitais, 83% dos entrevistados reconheceram a necessidade de melhorar a comunicação com os clientes e acelerar a digitalização dos aplicativos.

Desde o início da pandemia, 80% dos empresários aceleraram os processos para digitalizar as operações e criar um modelo operacional de próxima geração. Ao todo 45% dos executivos apontaram que a Covid-19 acelerou novos modelos de negócios em meses, e em alguns casos, em anos.

Fonte: Energia Hoje